Blog Instagram Facebook

Newsletters

CATADORES DE LIXO

Nas ruas é comum perceber a presença de pessoas puxando carrinhos confeccionados de madeira ou qualquer outro tipo de material improvisado carregando ou catando lixo para sustentar sua família. 

Segundo uma pesquisa estima-se que 1 em cada 1000 brasileiros é catador e muitos gostam e querem continuar nesta profissão. Isto sim é ter orgulho pela própria profissão! Porém nem todos da população admiram este trabalho, pois não conseguem enxergar os tantos benefícios que nos trazem, sendo que são importantes prestadores de serviços ao município. 

Há varias tipos de catadores: os trecheiros, os catadores do lixão, os catadores individuais e os catadores organizados. Dentre os catadores organizados encontramos os grupos em organização, os catadores organizados autogestionários e as redes de cooperativas autogestionários.

O que queremos abordar neste texto são estes grupos citados por ultimo. São grupos de catadores que com a vontade de trabalhar consegue grandes resultados. É um trabalho organizado, onde as decisões acontecem democraticamente, os resultados são de domínio de todos e conseguem melhores preços na venda por terem uma quantidade maior de reciclado. 

Esse trabalho não só visa beneficamente à sociedade, mas também a construção da dignidade e cidadania. Os catadores obtiveram reintegração de desempregados e marginais, visibilidade e aceitação pública, deixaram para traz a violência e a marginalidade que sofriam nas ruas e principalmente a reestruturação de suas vidas. 

São atores históricos da gestão dos resíduos nas cidades e da cadeia produtiva da reciclagem e merecem políticas públicas que fortaleçam seu perfil empreendedor e ecológico.

 

Fontes: 

http://www.lixo.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=133&Itemid=240

http://www.aticoadm.com.br/html/paginacao.asp?edicao=30&pasta=edicao_30&pag=8

http://69.89.31.176/~lixocomb/index.php?option=com_content&task=view&id=108&Itemid=222 


Anterior | Próxima

Ver outras matérias